Total de visualizações de página

domingo, 24 de setembro de 2017

Peça de teatro "À boleia para Hollywood" - Opinião

Está em cena, no Teatro da Trindade, em Lisboa a peça de teatro «À boleia para Hollywood»:


E foi no fim-de-semana passado que eu fui ver a peça:



(A qualidade das duas fotos anteriores não é a melhor, uma vez que, a sala não tinha uma iluminação espectacular e com esse tipo de ambientes o meu telemóvel não consegue tirar grandes fotos.)

O resumo oficial da peça encontra-se neste link, por exemplo mas, em linhas gerais esta peça é sobre o encontro, 26 anos mais tarde, de um pai e uma filha que se separam (por vontade do pai) quando esta tinha 3 anos. A peça, ou seja, o momento do reencontro de ambos passa-se quando a filha já tem 29 anos.


É uma peça com 3 actores só mas, não é por isso que uma pessoa se aborrece com a mesma. Gostei muito! Nunca me senti aborrecida e não considerei nenhum momento da peça mais parado como se só existisse para encher chouriços.


Sou fã da Cláudia Vieira, acho que ela aparece sempre em BOM! E nesta peça não é diferente. Está sempre bem-disposta, a sorrir, com muita pinta e é uma actriz espectacular! Para além dela temos o João Lagarto, que é um gigante do teatro. E a Sofia Portugal que em nada fica atràs dos outros dois actores.


Tive a sorte de, após o fim da peça, ter assistido a uma conversa entre espectadores e público em que podíamos intervir com perguntas.


Depois disto tudo: aconselho que vão até ao teatro e vejam esta peça. É um bom bocado que passam!

sábado, 23 de setembro de 2017

Leituras de 2017 #17

Tenho que ser honesta e começar por escrever que não queria comprar nem ler este livro porque era muito badalado pelo facto de a autora ser a mesma do livro «A rapariga do comboio». Mas, na Feira do Livro de Lisboa (em Junho) vi tanta publicidade ao livro que das duas vezes que a autora foi lá eu pensei em comprá-lo para também o ter autografado. Acabei por perder essas duas hipóteses e ponderei em não adquiri-lo mas, depois reconsiderei e acabei por comprá-lo. Era difícil escapar à compra de livros com desconto quando estávamos ao pé deles tantas horas.

Não lhe peguei logo mas, andava eu quase no fim da leitura de outro livro que comecei a ver uma nova vaga de invasões deste livro pela Internet. Muita gente a dizer que leu e as opiniões eram contraditórias... Resultado: curiosidade mais aguçada. Acabei mesmo por lhe pegar. E li meio livro em pouco tempo mas, depois abandonei-o. Era muita água, muito drama, muito dark... Meteu-se outro livro e depois quando acabei esse pensei que era um desperdício do meu tempo se não lesse o que restava deste livro. E assim fiz. Confesso que inicialmente a minha memória não estava bem relembrado das personagens e do que já tinha lido anteriormente mas, ao poucos e poucos e consultando as páginas anteriores lá me fui lembrando da história.

Gostei muito mais da segunda metade do livro do que da primeira. A primeira é muito misteriosa e ficam muitas coisas no ar  e uma pessoa lê e quando chega ao final de cada capítulo pensa:"Hãn?". Mas, tudo melhorou depois. Pensei durante grande parte do livro que não iria gostar dele mas, depois até me sentia entusiasmada quando lia.

A história é dramática e muito misteriosa e uma pessoa quando a lê desconfia de quase todos os personagens mas, acaba de uma maneira surpreendente!

Muito provavelmente vão acontecer-vos o que me aconteceu a mim que foi o livro não me cativar inicialmente e isso ainda durar muitas páginas mas, também este livro está a ser um sucesso por isso "insistam e não desistam". 


Mas, gostei mais do livro «A rapariga no comboio». E se este livro for adaptado para cinema vai ser muito melodramático e muita água... Mas, vamos esperar para ver se isso vai acontecer.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Outfit #145

ADORO este top!!!

E o tempo já está a ficar frescote (não fôssemos nós entrar hoje no Outono) pelo que tenho que aproveitar as últimas oportunidades para usar as peças que mais gosto mais frescas.

Como o fundo do top é branco, pus tudo, fora as calças, em branco: a mala, as sandálias, os brincos e o relógio.





Gosto TANTO de outfits com cores claras e com o branco em particular. Infelizmente estes outfits vão-se tornar mais escassos... Reflitam lá: no tempo mais frio vamos sempre para cores mais escuras, não é verdade?

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Segunda fornada!

Neste post, dei a conhecer 4 espectáculos (de teatro) que quero ir ver até meados de Novembro. Mas, referi logo que aqueles eram só alguns, pelo que hoje trago mais 4. (E a lista ainda não acaba aqui...)

A peça «Boeing Boeing» é a segunda vez que está em cena em pouco tempo e da primeira vez eu falhei. Agora não quero que isso aconteça!


Tudo aquilo que precisam de saber (oficialmente) sobre a peça está aqui.

Ahhh confesso que não sabia da existência deste espectáculo até saber que a Pipoca vai participar. Por isso, quero muito ir ver! 


E "cheira-me" que vou acabar por gostar deste humorista e deste espectáculo (porque não conheço o trabalho dele). Está  tudo aqui.

E um espectáculo de mímica de alguém que eu não conhecia?


Também quero ir ver! Curiosidade? Vejam mais infos.aqui.

Outro espectáculo improvável mas, que me chamou a atenção é este:


Tudo aquilo que precisam de saber antes de ir podem encontrar aqui.


Alguém me quer sugerir mais algum espectáculo?

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Quero! Quero! Quero!

Assim em modo continuação da pedinchice para o meu aniversário...


Ou para o Natal...



Ou para o ano novo...

(Isto são tudo fotos do novo anúncio televisivo da Galp. Mas, não deixa de ser um carro cor-de-rosa. Neste caso, um Fiat 500 cor-de-rosa. Por acaso não existe nenhum... Mas, isso não interessa nada.)

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Outfit #144

No outro dia, ao olhar para as minhas calças todas decidi usar estas que já não usava à muito tempo e que vão ficar paradas nos meses mais frios.

Conjuguei-as com este top branco que a minha mãe fez e que eu adoro porque o tecido é bordado inglês (nas fotos não se vê). Gostei muito do ar fresco que isto tudo junto deu. Pensei logo:"Boa! Gosto muito da conjugação por isso tenho que fotografar para o blog.".


Agora que estava a fazer o post lembrei-me de um outfit em que usei estas calças mas, com uma parte de cima escura (e também gostei muito) e que publiquei aqui. Mas, enquanto procurava encontrei um outfit bem parecido com o que trago hoje, este.


Roupa, fotografias, acessórios, malas, calçado, acessórios - perco-me por isto tudo e os outfits juntam TUDO! É maravilhoso!!!

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Não há duas sem três!

Já publiquei dois posts muito ao estilo de wishlist (podem vê-los aqui e aqui) e, como não há dois sem três, hoje trago o terceiro post.

São apenas dois objectos e são ambos da Havaianas (marca que ADORO!!!).Mas, não são chinelos nem alpercatas - as coisas mais conhecidas da marca. São outros dois objectos:


Uma bolsinha. Tanto tem utilidade para andar dentro da mala no dia-a-dia como para ela própria servir de mala. (Uma bolsinha lover arranja sempre uma ocasião para usar mais uma bolsinha, não é verdade?) Ahhh e claro se aliarmos bolsinhas a cor-de-rosa: OMG!!!

E já que falei em cor-de-rosa...





Quando vi estes óculos de sol com armação cor-de-rosa na loja tive que ser extremamente racional para não os comprar (afinal tenho 1001 pares de óculos de sol) mas, isso não faz com que eu deixe de gostar menos deles e os queira ter.