Total de visualizações de página

domingo, 10 de dezembro de 2017

Começo pelo fim...

Começo por partilhar aqui duas fotos que tirei hoje no aeroporto já no regresso:


É um urso GRANDE super fofo de uma loja Harrods!


Este postal sintetiza TUDO aquilo que esta viagem foi. Desde a surpresa que preparámos, aos bons momentos que vivemos e às recordações que criámos!

Este fim-de-semana uniu dois aspectos que considero vitais na minha vida: amizade e viagens. E por isso mesmo sinto-me "de bateria cheia". Estou tão grata por me estar a sentir assim!

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

London Calling!

Depois de um fim-de-semana prolongado relaxado e por casa (o anterior) nada melhor do que hoje começar o meu fim-de-semana prolongado a viajar para a primeira cidade estrangeira para onde voei à mais de 10 anos!!!

Desta vez, quero ir ver o Big Ben outra vez (clarooo!!!) mas, quero muito mais ir visitar duas GRANDES amigas que por agora lá vivem. E como se isto já não fosse suficientemente bom, vou com dois amigos. Tem TUDO para ser um EXCELENTE fim-de-semana!


See you Sunday because London is calling and probably it's cold outsite, baby!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Sou uma pessoa que gosta MUITO de música...

... mas, sou ao mesmo tempo, uma ignorante!

Não me venham cá falar de artistas a solo, bandas ou nomes de músicas porque dificilmente irão conseguir ter uma conversa comigo. Porque eu não sei os nomes. Sei as letras. Cantem-nas e eu direi se conheço ou não.

E, por isso mesmo, também devem imaginar que não vejo videoclips (a maior parte da música que consumo é através de rádio) e por isso um Mundo se abriu perante a minha pessoa a semana passada. E até nem vi muitos videoclipes mas, foi giro associar as músicas que já conheço a histórias que os videoclips nos contam. E por isso mesmo com este post, vou colocar aqui alguns:


Aiii que música MAIS LINDAAA!!! Chega até a ser triste de tão linda que é. E tem uma história... Digam lá que não ficam logo de início a torcer por eles? Apesar de parecer mesmo que o desfecho vai ser outro... 

Tanta vez que já ouvi esta música! E o videoclip só o vi pela primeira vez a semana passada...


E a piada que eu achei ao Zayn? O que me andava a passar ao lado...

Outra música que já ouvi muito e gosto muito!


E que grande surpresa com o videoclip! Que bonito! E passado na margem sul!



Isto foi só uma pequena amostra! Também não vi assim tantos. Mas, sem dúvida que estes me cativaram!

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Leituras de 2017 #24

Mais um thriller! Desta vez foi o livro «Vidas roubadas».

Li o livro «Não digas nada» desta mesma autora e como gostei dele mais tarde comprei este.

A história deste livro é esta.

Esta história está ligada com comboios e, como agora os comboios fazem parte do meu dia-a-dia não sei até que ponto não foi por aí que esta sinopse me "agarrou".

O que está na sinopse é sem dúvida o ponto de partida da história.

Inicialmente, começamos por pensar mal da Willow (e não quero com isto ser spoiler e estar em simultâneo a dizer que depois o deixamos de fazer) mas, por alternância de capítulos vamos ficando a conhecer o passado dela. E da bebé.

Também achei que o Chris iria por um determinado caminho e, felizmente, surpreendeu-me pela positiva.

Esperava algo da história. Pensei até que se ia tornar expectável mas, a certa altura decorre uma reviravolta (que eu não estava `espera) e as peças que ainda estavam soltas voltam a fazer parte do puzzle e tudo se percebe.

Gostei de ler mas, não adorei. Contudo, seria um livro que eu recomendaria porque acabou por me mostrar como a vida de duas crianças pode sofrer uma reviravolta brutal quando aqueles que por elas são responsáveis sofrem um acidente! E os acidentes acontecem e não escolhem as pessoas...


Já comecei a ler outro livro. E queria ainda este ano conseguir ler 27 (já que tenho 27 anos). Será que consigo?

domingo, 3 de dezembro de 2017

O meu fim-de-semana prolongado...

...resumiu-se a muito descanso, ronha e "derivados".

A revista da Maria Vaidosa veio para casa mas, confesso que ainda não lhe peguei. Já espreitei mas, ainda não me debrucei a sério sobre o assunto. 


Pelo que folheei já vi que quando começar a fazer a lista do que quero dos saldos não vou fazer uma lista pequena...

sábado, 2 de dezembro de 2017

Silêncio! Vamos gravar... Som! Câmara! Acção! #48

Eu andava afastada das salas de cinema mas, no fim-de-semana passado fui ver o filme «O crime no Expresso do Oriente». Não conhecia a história. E para além desta nunca li nenhuma outra da Agatha Christie. Portanto, considerei ter ido ver este filme como «corrigir um lapso».


Gostei da história mas, teve momentos em que de repente é muita informação em pouco tempo. Não fica difícil de entender mas, no intervalo estive com os meus amigos a comentar os argumentos que Hercule Poirot tinha para acusar cada um dos passageiros do Expresso para arrumar ideias.


Quem já viu este filme e outros mais antigos da mesma história diz que neste o inspector está muito teatral. E no fundo, eu acabo por concordar mas, eu não tenho nada com que comparar.


Tem um elenco de luxo (e se calhar por isso mesmo matam logo uma personagem no início AHAHAH - estou a brincar!):

Mas no geral, é um filme que recomendo que vão ver!